11.6.13

Passeando na Cidade do México :: A maldição de Montezuma!

Terça-feira, 02 de abril de 2013

Diz a lenda que quem vai ao México sofre do chamado Mal de Montezuma. Essa maldição foi proferida pelo imperador Moctezuma II, quando o conquistador espanhol Hernán Cortés invadiu a Cidade do México (naquela época Tenochtitlán), depois de ter sido recebido de braços abertos pelo imperador, que acreditava que o espanhol era a reencarnação de um Deus. O cara não tinha nada de Deus e destruiu todo o império asteca. Moctezuma se arretou e rogou a praga, que diz que quem pisa em solo mexicano é acometido de um mal estar horroroso.

Moctezuma :: Imagem da intenet

Lendas à parte, a verdade é que não é fácil ficar imune às diferenças climáticas e de altitude do lugar. A Cidade do México é muito seca e fica a 2.235 metros acima do nível do mar, o que faz facilmente com que o visitante tenha tonturas, enjoo, dores de cabeça, sangramento no nariz, etc. Pra piorar, a gastronomia é apimentada demais e as comidas e água do meio da rua não são lá das mais limpas, então é preciso ter muito cuidado. O sol, por sua vez, é muito forte e é comum os turistas ficarem desidratados. Por tudo isso, ficamos sabendo que é imprescindível beber muuuita água - engarrafada - e nada de comer porcaria em qualquer lugar.

A gente tava fazendo tudo bem direitinho, não fizemos passeios exaustivos nos primeiros dias de viagem e a garrafinha de água era nossa constante companheira. Porém, o dia anterior a este que vos escrevo reuniu todas essas "qualidades", aí ficou difícil pra gente. Em Teotihuacan teve muito sol no quengo, nada de protetor solar, pouca água, muito esforço físico e, na volta, frituras aos montes e a tal da pimenta mexicana. Ou seja, nos lascamos! E não foi pouco não. :(

Por isso, meus caros, não tenho muito o que dizer a respeito deste 02 de abril. Apenas que vale a pena ser prevenido, fazer seu seguro saúde sempre que for viajar e levar uma necessaire com remédio pra tudo no mundo, mas principalmente, com Dramin, Floratil e sal de reidratação. Comprar Gatorade nessas horas também ajuda bastante. #ficaadica

Pra não dizer que não fizemos nada, conseguimos ainda conhecer um dos museus mais espetaculares do mundo: o Museu Nacional de Antropologia. Mas ele merece um post todinho pra ele. ;)

Guia da Cidade do México
Compre aqui o seu guia

5 Pitacos:

muito interessante. bom post
Que bom que gostou! Obrigada! :)
Oi Camila, incrível todas as suas dicas! Adorei todos os posts sobre essa cidade/cultura maravilhosas. Parabéns! Agora uma pergunta, você recorda qual a médio do preço da água engarrafada? Beijos
Oi, Samile!
Que bom que gostou das postagens. Espero que continue acompanhando o blog.
Infelizmente não lembro o valor da água. Sorry.
:/

Beijos!
Hummm, agora entendo o que estou passando neste exato momento... maldito Cortez...

Postar um comentário