13.10.09

Passeando em Serra Negra



Esse foi um feriado programado de última hora, mas muito, muito feliz!
Saímos de Recife no sábado e partimos rumo à Serra Negra, em Bezerros. O passeio foi um dos mais prazerosos que já fiz. O lugar é lindo e tem bastante coisa pra fazer, visitar, passear. É preciso muita disposição. Se não tem, melhor nem ir. Mas se você quer se aventurar e fazer essa viagem, aí vão algumas dicas.

Como chegamos já à tarde em Serra Negra, o passeio do dia foi ir à "ruinha". Lá no alto tem o pólo cultural e o anfiteatro. A vista de lá é coisa de outro mundo. Serra Negra fica a mais ou menos 900 metros do nível do mar e tem um potencial hídrico muito grande, então pra onde você olhar vai ver um cartão postal. Prepare a câmera! E claro que num lugar com essa altitude o casaco é de primeira necessidade.
No domingo o passeio foi até o Parque Ecológico. Dá pra ir de carro, mas como estávamos dispostos a passear, fomos andando mesmo. É legal ir caminhando porque dá pra conhecer outras vistas, outros mirantes pelo caminho. O único problema é a poeira. Quando tirar catota vai ver ela bem escurinha.

Se você der sorte, vai encontrar um bom samaritano no caminho, como encontramos Seu Antonio, que tirou o saco da cabeça e nos deu, assim por dar, um monte de laranja cravo. "Tá bom, não precisa isso tudo não". "Precisa, minha fia, bote aí na mochila".
No meio do caminho dê uma paradinha para apreciar a Casa das Flores. Mesmo não estando aberta, dá pra ver que o lugar é lindo. Tem uma variedade infinita de flores de todas as cores, formas, tamanhos. Fiquei bestinha.

Bom, chegando no Parque Ecológico cada pessoa paga R$ 2,00 para entrar. Alexandre, um menino de 14 anos, vai guiar sua visita pelas grutas e mirantes do lugar. Vale a pena visitar todos os pontos do parque. "Tem gente que vem aqui e fica sem querer andar, aí num vê as coisas e fica dizendo 'só isso?'!"

Entre os atrativos, você vai passar pela Gruta do Amor, Porta do Vento, Mirante do Gravatá Amarelo e Pau Santo Casamenteiro. Esse último é uma árvore que muitos acreditam que traz o marido para quem abraçar. Muita mulher encalhada passa por lá e arrisca um abracinho. "Uma vez uma mulher levou até folha para fazer um chá. E um tempinho depois se casou", contou Alexandre.

Na volta encontramos com outra alma caridosa, dirigindo sua caminhonete e que, ao passar por a gente e ver minha cara de acabada, com direito a língua para fora e tudo mais, parou e nos deu uma carona. Alívio!

Além desses passeios, outros mais podem ser feitos em Serra Negra, como a visita ao Mirante da Antena, Gruta do Vino, Caverna do Deda e inúmeras trilhas. Como o feriado foi pequeno para tanta coisa, já estamos planejando a próxima visita.

Obs.: Vá com uma roupa adequada. Explico: fiz umas trilhas de short e estou toda arranhada, machucada e me coçando até agora da urtiga. Mas também não vá colocar uma calça jeans pra fazer trilha, senão vai voltar para casa toda assada.


video

1 Pitacos:

Mila, realmente o local é muito lindo!!! Fui no São João e gostei bastante... a imagem q está ai no blog na época do São João eles colocarsm uma igreja, uma delegacia, uma farmácia td cenográfico para dar aquele sentido Junino!!!! Valeu muito apena!!!!

beijos Nanda

Postar um comentário